- Direção -

DSC_4010.jpg
FERNANDA GOMES
LOPES
CRP 11/07624
Psicóloga, graduada pela Universidade de Fortaleza (2012). Doutoranda em Bioética, Ética Aplicada e Saúde Coletiva, pela Fundação Oswaldo Cruz. Mestre em Cuidados Continuados e Paliativos, pela Universidade de Coimbra (2015), reconhecido no Brasil pelo Programa de Pós Graduação em Clínicas Médicas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Especialista em Cancerologia pelo Programa de Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará, em parceria com o Instituto do Câncer do Ceará (2017). Especialista em Psicologia da Saúde, pelo Conselho Regional de Psicologia do Ceará (2017). Especialista em Gestalt Terapia, pelo Instituto Gestalt do Ceará (2018). Possui Formação em Psicologia Hospitalar (2010), Psicoterapia Fenomenológica Existencial (2013),  Psicoterapia Breve Focal (2015), Psicologia das Emergências e Desastres (2020) e Teoria, Pesquisa e Intervenção em Luto (2022). Atuou no Centro Pediátrico do Câncer (CPC), Instituto do Câncer do Ceará (ICC), Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara, Hospital Antônio Prudente (Hap Vida), Hospital Leonardo da Vinci e Unimed Lar. Atuou como professora efetiva do Centro Universitário Farias Brito e substituta da Universidade de Fortaleza. Atualmente, é professora da Unichristus e psicóloga da equipe de cuidados paliativos do Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS). Fundadora e Direto do Instituto Escutha.

"Um sonho que se tornou realidade, é isso que a Escutha é pra mim! Meu objetivo sempre foi formar pessoas. Queria ampliar o trabalho que fazia, possibilitando que  todos aprendessem a construir uma prática ética, crítica e cuidadosa. É isso que acreditamos e que buscamos construir com vocês: uma educação que seja instrumento de multiplicação. Assim, todo esforço vale a pena."

- Coordenação -

Sem título.jpg
NAZKA FERNANDES
FARIAS
CRP 11/12211
Psicóloga, pela Universidade Federal do Ceará (UFC/2018). Mestranda em Psicologia pela UFC, com foco em Educação, Psicologia Sócio-Ambiental e Afetividade. Especialista em Gestão para Resultados, pela Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP/CE).  Especialista em Psicodrama Sócio-Educacional e Terapêutico pelo Centro Universitário 7 de Setembro (Uni7). Possui Formação em Psicologia Hospitalar (2014) e em Transtornos Alimentares e Obesidade (2015), pela UFC e Formação em Saúde Mental pela UFRJ em parceria com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS/2020) e em Psicologia das Emergências e Desastres (2020). Atuou no Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), no Instituto do Câncer do Ceará (ICC) e no serviço de Plantão Psicológico, da UFC. É gestora de projetos na Diretoria de Inovação e Tecnologia (DITEC), da ESP/CE. Atua ainda na área da Psicologia Clínica, com foco em depressão, ansiedade e envelhecimento.

"De monitora à coordenadora. A Escutha se tornou pra mim um espaço de amadurecimento profissional e pessoal. Aprendi a aliar educação e saúde, através do respeito e das construções conjuntas. Desbravei muitos caminhos e é dessa forma que trabalhamos para contribuir com a formação dos que escolhem estar conosco"

- Assessoria Técnica -

Leticialima.jpg
Psicóloga pelo Centro Universitário Farias Brito. Especializanda em Psicologia Hospitalar e em Cuidados Paliativos Multiprofissionais pelo Centro Universitário Farias Brito. Possui formação em Tanatologia, em Psicologia Hospitalar e em Cuidados Paliativos pelo Instituto Escutha.. Atua como psicoterapeuta na modalidade online. Atualmente é assessora técnica e facilitadora de grupos de estudos sobre lutos não reconhecidos no Instituto Escutha. Possui interesse de pesquisa sobre saúde da população LGBTQIA+ e população negra.
LETÍCIA LIMA CAVALCANTE 
CRP 11/17188

"Sempre relacionei o Instituto Escutha com amor, ética, potência e afeto. É maravilhoso ver o quanto nós crescemos como equipe e instituição. Alcançamos pessoas e lugares através da educação comprometida com o cuidado e a responsabilidade. Iniciei como aluna e hoje tenho orgulho de fazer parte da equipe".

- Assessoria Pedagógica -

MariaJuliana.jpg
MARIA JULIANA VIEIRA
LIMA 
CRP 11/09320
Psicóloga, graduada pela Universidade Federal do Ceará (2014). Mestre em Psicologia, pela Universidade Federal do Ceará (2018). Especialista em Pediatria, pelo Programa de Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará, em parceria com o Hospital Infantil Albert Sabin (2016). Especialista em Psicologia da Saúde, pelo Conselho Regional de Psicologia (2016). Especializanda em Cuidados Paliativos Multiprofissionais pelo Centro Universitário Farias Brito. Graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará. Atua como psicóloga clínica com foco em criança, adolescente e adulto e como psicóloga hospitalar no Instituto Dr. José Frota. Tem experiência na área de pesquisa em Psicologia Hospitalar, Psicologia da Saúde, Ética e Psicologia, atuando principalmente nos seguintes temas: terminalidade, cuidados paliativos, infância e adolescência, gestalt-terapia. Autora do livro "Uma escuta ética do cuidado na morte e no morrer" e coautora do livro "Como comunicar às crianças a morte de um ente querido por COVID-19", ambos publicados pela EdUECE.

"A Escutha representa um grande marco na história da Psicologia Hospitalar no Ceará. E a cada dia tem ampliado mais os projetos para outros conteúdos essenciais à área da saúde. Sem dúvidas, uma instituição ética, responsável e comprometida com a formação de qualidade e com a reflexão crítica de nossa prática."

IMG_4076.JPG
LUANA NUNES CALDINI 
COREN 350.015
Doutoranda no Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Ceará sob orientação da profa Dra. Cristiana Brasil. Mestre pelo Programa de Pós-graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Ceará. Especialista em Cancerologia pelo Programa da Residência Integrada de Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará em parceria com o Instituto do Câncer do Ceará (Hospital Haroldo Juaçaba).Enfermeira graduada na Universidade Federal do Ceará (2012). Participou do grupo de estudo e pesquisa na Promoção da Saúde do Adulto em Situação Crítica da Profa. Dra. Joselany Áfio Caetano. Tem experiência na área de Enfermagem com ênfase em Saúde do Adulto. Atua nos seguintes temas de investigação: Oncologia, Feridas, Tecnologias, pacientes críticos e promoção da saúde.

"A Escutha é um espaço potente de aprendizado coletivo, que é construído de forma crítica e que estimula uma postura ativa dos discentes nesse processo. Aqui somos encorajadas a construir uma educação problematizadora, pautada na ética e no afeto. Como enfermeira, sou grata pela possibilidade de poder ampliar meu olhar sobre a educação continuada para os cuidados em saúde."

Vanilla.HEIC
Psicóloga pela Universidade de Fortaleza - UNIFOR (2017). pelo Programa de Residência Integrada em Saúde da Escola de Saúde Pública do Ceará, em parceria com o Hospital Infantil Albert Sabin (2021). Especialista em Psicologia Hospitalar pela FAVENI (2021). Psicóloga Hospitalar do Centro Pediátrico do Câncer do Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS). Membro da Comissão de Prevenção de Maus Tratos do HIAS. Psicóloga Hospitalar do Hospital Otoclínica Matriz. Especializanda em Cuidados Paliativos Multiprofissionais pelo Centro Universitário Farias Brito. 
VANILLA OLIVEIRA ALENCAR
CRP 11/12068

"Uma grande honra, trilhar meu crescimento na psicologia e partilhá-la com pessoas que buscam por uma prática ética, crítica e compromissada com a realidade das pessoas que cuidamos. Essa é a Escutha, lugar de construção de conhecimento e educação exercida de pessoas para pessoas. "

Glenda.jpg
Graduanda em Psicologia na Universidade Federal do Ceará (UFC). Possui formação em Psicologia Hospitalar (2021) e em Tanatologia (2022) pelo Instituto Escutha. Estagiária em Psicologia Hospitalar no Hospital Geral Dr. Waldemar de Alcântara (HGWA). Possui interesse nos seguintes temas: Psicologia Hospitalar; Cuidados Paliativos; Neonatologia; Psicanálise.
GLENDA SABINO PAIVA
ESTUDANTE DE PSICOLOGIA

"Fazer parte da Escutha é, para mim, a possibilidade de construir um ensino crítico e ético em saúde, junto de uma equipe potente e compromissada com a escuta e formação crítica dos sujeitos. Enxergo a Escutha como uma importante lembrança de que a saúde é, sobretudo, política e implicada nos diversos contextos sociais."